segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Carta de um pescador aos pescadores ..

Depois que me aposentei não agüento ficar em casa. Prefiro passar meu tempo fazendo aquilo que eu mais gosto! - Pescar.

Comprei um pequeno barco de pesca e tentei várias vezes levar minha esposa comigo, mas ela nunca gostou de pescarias.

Finalmente, um dia, na lojinha de pesca do meu bairro, conheci e comecei a conversar com Regininha, responsável pela loja, que por coincidência também adora pescar e em função das nossas afinidades sobre pesca, acabou surgindo uma grande amizade.

Como eu disse, minha esposa detesta pescaria.

Ela não somente recusa a participar conosco das pescarias, como também reclama que eu gasto muito tempo pescando.

Algumas semanas atrás, Regininha e eu tivemos uma das nossas melhores pescarias.

Eu não somente pesquei um belíssimo tucunaré, como nunca tinha visto, e alguns minutos mais tarde Regininha pescou um igualzinho!

Então eu tirei uma foto de Regininha segurando os dois tucunarés que pescamos.

Mostrei a foto para minha esposa, pensando que, talvez, vendo a foto, ela passasse a se interessar pelas minhas pescarias.

Ela não só não gostou como me proibiu de voltar a pescar.

Disse também para que eu vendesse meu barco!

Acho que ela não gosta de me ver , me divertindo!

Pergunto:

O que devo fazer? Falo para minha esposa para esquecer tudo isso e continuo com as minhas pescarias, ou vendo o meu barco como ela insiste!

Obrigado.

Cássio Borges

P.S. Abaixo, foto da Regininha com os dois tucunarés…

Nenhum comentário:

Postar um comentário