quinta-feira, 17 de junho de 2010

+ UMA DOS HERMANOS ARGENTINOS

Um argentino pede a um taxista que o leve ao mirante da estrada Mexico - Cuernavaca.

Durante duas horas, fica olhando distraído a capital.

Depois de muito tempo, o taxista pergunta muito impaciente e curioso:
- Que tanto o senhor observa?

- Estou olhando para ver como é a cidade sem mim

Nenhum comentário:

Postar um comentário